Tropas da França e de Mali retomam controle de Gao

Forças do governo da França e de Mali retomaram o controle da estratégica cidade de Gao, no norte de Mali, após rebeldes islâmicos terem invadido novamente o local e causado uma longa batalha no domingo. Dois civis morreram após receberem tiros, enquanto outros 10 ficaram feridos. O corpo de um terceiro homem foi encontrado um pouco mais longe. Segundo moradores, ele foi atingido por um tiro enquanto andava em sua moto.

AE, Agência Estado

11 de fevereiro de 2013 | 20h47

Centenas de moradores da cidade se reuniram na destruída sede da polícia, no centro de Gao, nesta segunda-feira, onde diversos corpos ainda permanecem após militantes ligados à Al-Qaeda terem atacado a cidade. "Ontem nos escondemos em casa durante toda a noite", disse Soumayla Maiga. "Ficamos impressionados quando saímos e vimos o que tinha ocorrido."

Os extremistas islâmicos, que controlaram Gao por quase 10 meses antes de serem expulsos em janeiro, voltaram à cidade no domingo. Os confrontos duraram mais de cinco horas.

As paredes e o teto da delegacia estavam manchados de sangue nesta manhã e os estragos parecem ter sido ocasionados por uma explosão, o que sugere que um suicida se explodiu no local. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FrançaMaliataques

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.