Tropas da ONU invadem maior favela do Haiti

Tropas de paz da ONU invadiram a maior favela do Haiti nesta sexta-feira para prender membros de gangues e tomar o controle da região. No conflito, pelo menos dois soldados ficaram feridos, disse um comandante da ONU.Mais de 500 soldados em veículos armados entraram na favela de Cite Soleil e tentaram confiscar vários prédios abandonados que estavam sendo utilizados como base para as gangues locais, disse o general Carlos Alberto Dos Santos Cruz, comandante brasileiro das tropas internacionais no HaitiDos Santos, que estava presente durante a invasão, disse que os gangsters dispararam contra as tropas, ferindo pelo menos dois soldados. Ele disse que não tinha números exatos dos feridos das gangues."Nós tivemos que invadir para tentar prender criminosos e confiscar suas armas", disse Dos Santos aos repórteres.Jornalistas da agência Associated Press viram um homem ensangüentado na rua. Testemunhas disseram que a vítima foi atingida por um tiro, mas não sabem de onde foi feito o disparo. Em seguida, as pessoas levaram o corpo do homem a um prédio.A operação de sexta-feira foi uma da maiores das tropas de paz realizadas no país.Dos Santos disse que a maioria dos confrontos aconteceu na seção Boston da Cite Soleil, que é controlada por uma gangue de rua conduzida por homem conhecido por "Evens". O comandante disse que as tropas não prenderam ninguém nem confiscaram armas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.