Tropas de Assad matam 13 ativistas em Homs

Ao menos 13 pessoas foram mortas pelas forças de segurança em uma nova sexta-feira de protestos contra o regime de Bashar Assad, na Síria. Segundo entidades de direitos humanos, milhares de pessoas saíram às ruas de Homs (centro) e dos subúrbios da capital, Damasco. "As manifestações são grandes e todos pedem pela queda do regime. Elas mostram que o acordo da Liga Árabe é uma piada", disse um ativista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.