Tropas de Israel invadem hospital na Cisjordânia

Tropas israelenses em busca de radicais palestinos invadiram um hospital da Cisjordânia, revistando quartos e usando megafones para exigir a rendição dos suspeitos. Os soldado partiram sem prender ninguém. Na Faixa de Gaza, três palestinos foram mortos pelo exército de Israel, sendo dois radicais e um civil. Na batida realizada na Cisjordânia, dezenas de blindados israelenses entraram na cidade de Jenin. Tropas ocuparam edifícios, incluindo uma escola, e trocaram tiros com homens armados. Oito palestinos ficaram feridos. Mais tarde, os soldados invadiram o Hospital Al Arazi.Em outra operação, tropas israelenses impuseram um toque de recolher e fecharam os acessos a dois campos de refugiados próximos à cidade de Nablus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.