Tropas de Israel invadem lado palestino de Hebron

Tropas e tanques israelenses invadiram o setor palestino da cidade de Hebron, na Cisjordânia, na madrugada desta sexta-feira, informaram testemunhas. Pelo menos dois palestinos foram mortos durante confronto com soldados israelenses. O Exército de Israel tomou a colina de Abu Sneineh, depois de palestinos terem usado o local colina para atirar contrar judeus. Tropas israelenses controlam cerca de 20% de Hebron, onde vivem cerca de 500 judeus, em meio a 130 mil palestinos. Há algumas semanas, Israel controlou a mesma colina, também por causa de tiroteios contra colonos judeus. A incursão acontece depois de o primeiro-ministro de Israel, Ariel Sharon, ter cancelado os esforços para um cessar-fogo na região, depois de uma série de ataques palestinos, incluindo um tiroteio na cidade israelense de Afula, na quinta-feira, quando três israelenses morreram. Sharon disse que Israel tomaria todas as ações necessárias para proteger seus cidadãos, sinais de que as ações em territórios palestinos seriam retomadas e de que estava encerrada parte da trégua negociada na semana passada entre o ministro do Exterior de Israel, Shimon Peres, e o presidente da Autoridade Palestina, Yasser Arafat. Em uma declaração, o Exército de Israel disse que soldados haviam sido enviados por causa dos constantes tiroteios contra colonos judeus. As forças israelenses devem permanecer no local "por um tempo limitado" até que a missão seja completada.

Agencia Estado,

05 Outubro 2001 | 02h01

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.