Tropas dos EUA atacam partido iraquiano e matam seis

O líder da Frente do Diálogo Nacional (FDN) iraquiana, Saleh al-Mutlaq, afirmou nesta segunda-feira, 1º, que tropas dos Estados Unidos, apoiadas por helicópteros militares, atacaram a sede de seu partido em Bagdá e mataram seis pessoas, quatro delas civis.O líder da FDN em Amã disse por telefone à EFE que o ataque aconteceu por volta das 3h30 de segunda-feira (22h30 de domingo, pelo horário de Brasília) e teve como alvo a sede do grupo no bairro de Al Yamea, no oeste de Bagdá."Morreram dois guardas e quatro civis, inclusive duas crianças", afirmou o líder sunita à EFE. "Achamos estranho que este ataque tenha acontecido no primeiro dia de 2007. Por quê?", se perguntou Mutlaq, que está em Amã.A FDN, que é formada por vários grupos sunitas, detém 11 das 275 cadeiras do Parlamento iraquiano.Até o momento, as tropas americanas e as autoridades iraquianas não comentaram as declarações de Mutlaq.Mutlaq está entre os dirigentes sunitas que criticaram a execução do ex-presidente iraquiano Saddam Hussein no primeiro dia da festa muçulmana do Eid al-Adha, que começou no sábado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.