Tropas dos EUA detêm prefeito de Najaf por acusações de corrupção

Tropas americanas detiveram nesta segunda-feira o prefeito indicado pelos EUA da cidade xiita de Najaf, no sul do país, acusando-o de seqüestro e corrupção e prendendo 62 de seus principais auxiliares.Abu Haydar Abdul Mun?im foi colocado no cargo pelos americanos logo depois de as tropas dos EUA entrarem na cidade em abril, mas o ex-coronel do exército iraquiano era impopular junto à população local devido a seus antecedentes militares. Ele foi substituído por Haydar Mahdi Mattar al Mayali, um ex-assistente do prefeito.As forças da coalizão detiveram o acusado a pedido de um juiz encarregado de investigações em Najaf, disse um comunicado divulgado pela autoridade interina dos EUA, o qual concluiu afirmando que havia ?evidências suficientes para proceder à prisão?, e que as acusações contra Mun?im são ?muito sérias?. Nesta segunda-feira, forças dos EUA bloquearam a entrada dos escritórios de Mun?im, impedindo o acesso da imprensa ao local. Além das acusações de seqüestro, outras que pesam sobre Mun?im incluem a de reter reféns, pressionar os funcionários públicos a cometer delitos financeiros e atacar um funcionário de banco.Nas últimas semanas, oos habitantes de Najaf, a 180 km a sudoeste de Bagdá, promoveram manifestações contra Mun?im, acusando-o de manter vínculos com o Partido Baath, do derrubado presidente Saddam Hussein.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.