Tropas dos EUA evitam envolvimento nas Filipinas

O presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, prometeu que as forças dos EUA envolvidas em exercícios contra os rebeldes nas Filipinas, não se engajarão em ofensivas militares naquele país, afirmou, neste sábado, a presidente Gloria Macapagal. Em discurso na Associação dos Ex-alunos da Academia Militar, Arroyo afirmou que os soldados "não estão autorizados a conduzir ofensivas militares" e terão de "obedecer" aos comandantes filipinos. "Em nenhum momento os soldados norte-americanos terão autorização para operar de forma independente no território filipino", disse Arroyo.

Agencia Estado,

26 Janeiro 2002 | 18h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.