Tropas dos EUA matam 9 milicianos xiitas no Iraque

Nove milicianos xiitas foram mortos em combate contra tropas americanas no bairro de Cidade Sadr, no leste de Bagdá, disseram fontes do Ministério do Interior. Segundo as fontes, uma patrulha americana que circulava pelo bairro xiita de mais de 1 milhão de habitantes foi atacada pormilicianos do Exército Mehdi. Os americanos, que receberam apoio de helicópteros, responderam e além de matar nove milicianos deixaram 39 feridos. O Exército Mehdi é uma milícia fiel ao clérigo radical xiitaMoqtada al Sadr, que tem em Cidade Sadr um de seus redutos, com milhares de seguidores. É a única milícia xiita que enfrenta abertamente a ocupação do país por tropas estrangeiras. Os demais insurgentes são quase todos sunitas.Al-QaedaDois supostos membros da Al-Qaeda foram mortos e cinco, detidos, após uma operação militar americana na província de Diyala, informou o comando militar americano no Iraque. Segundo o comunicado, durante a operação, na quinta-feira, foi descoberto um arsenal com armas e munição em Baquba, capital de Diyala. A províncias é uma das mais conflituosas e onde a atividade dainsurgência sunita é mais intensa. Os cinco supostos militantes foram detidos "sem opor resistência", afirmaram as fontes. Vários observadores comentaram recentemente que a maioria dos grupos da insurgência transferiu suas bases para Diyala, devido às divergência com os chefes tribais de Al-Anbar. Foi em Diyala que morreu o chefe da Al-Qaeda no Iraque, o jordaniano Abu Musab al-Zarqawi, durante um bombardeio no dia 7 de junho.Este texto foi atualizado às 05h29

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.