Tropas filipinas matam importante militante de Abu Sayyaf

Tropas filipinas mataram um importantemilitante islâmico procurado pelos Estados Unidos ao realizaremuma busca no esconderijo dele no sul do arquipélago, disseramautoridades no domingo. Mobin Abdurajak, líder do grupo de Abu Sayyaf, eraprocurado por sequestrar 21 pessoas no resort malaio de Sipadanem 2000. As vítimas foram libertadas depois do pagamento de umresgate. "A neutralização de Abdurajak é parte de nossa campanhapara eliminar os terroristas de Abu Sayyaf", disse o cheferegional da Marinha, o contra-almirante Emilio Marayag. Oficiais da Marinha e marines deram uma busca noesconderijo de Abdurajak em Tawi-Tawi no sábado à noite. Elefoi morto na troca de tiros. Os EUA tinham oferecido 20 mil dólares pela prisão domilitante, cunhado do chefe de Abu Sayyaf, Khadaffy Janjalani,que foi morto em um combate com o Exército no ano passado. (Por Carmel Crimmins)

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.