Tropas francesas cercam Timbuktu

Tropas francesas cercaram a cidade de Timbuktu, no norte de Mali, nesta segunda-feira, segundo autoridades. O avanço marcou o fim do controle de 10 meses da cidade por extremistas ligados à Al Qaeda.

AE, Agência Estado

28 de janeiro de 2013 | 14h45

Nas primeiras horas de segunda-feira, aviões franceses soltaram paraquedistas nos arredores da cidade na tentativa de capturar os islamitas que fugiam para o norte, disse o coronel Thierry Burkhard, porta-voz do Exército francês. A manobra foi apoiada por ataques aéreos. No domingo, uma unidade tática francesa de cerca de 700 soldados já havia assumido o controle de um aeroporto no sul do país.

"Nós estamos controlando o acesso a Timbuktu", disse o coronel. "O próximo passo é que as autoridades de Mali assumam o controle da cidade."

Timbuktu, grande centro de comércio na Idade Média e que atrai muitos visitantes, ficou sob controle por 10 meses de uma milícia apoiada pela Al Qaeda. A maioria dos 50 mil habitantes da cidade fugiu, segundo o porta-voz do Ministério de Defesa de Mali, Diarran Kone.

Os soldados de Mali tentam retomar o norte do país com a ajuda dos franceses e de tropas de outros países africanos. Até agora, as tropas têm encontrado pouca resistência e já assumiram o controle de Gao, outra cidade que estava sob controle dos islamitas. Mas as tropas ainda podem enfrentar batalhas mais ao norte. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
MaliviolênciaTimbuktu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.