Tropas israelenses prendem líder do Hamas

Tropas israelenses entraram na cidade de Nablus, na Cisjordânia, neste domingo, e prenderam um importante líder do grupo extremista Hamas, informaram fontes palestinas. Também hoje, um grupo de militares israelenses destruiu cinco casas no campo de refugiados de Rafah, na Faixa de Gaza. O líder do Hamas preso é Adnan Asfour, um importante porta-voz do grupo na Cisjordânia. Seu irmão, Said Asfour, confirmou sua prisão; o Exército israelense não fez comentários. Segundo Said Asfour, as tropas cercaram o prédio de cinco andares onde seu irmão mora e deram ordens para que todas as pessoas saíssem à rua; do apartamento do líder do Hamas, os soldados irsraelenses levaram um computador e vários mapas. Na Faixa de Gaza, tropas invadiram o campo de refugiados de Rafah, perto da fronteira entre Israel e Egito, e demoliram cinco casas, além de atacar os restos de outras 20 casas que já haviam sido demolidas antes. O Exército informou que algumas daquelas casas haviam sido usadas para esconder um túnel e também como esconderijo de bombas usadas num ataque a um posto israelense na semana passada. As duas ações do Exército israelense acontecem em meio a esforços para que se marque um encontro entre os primeiros-ministros de Israel e da Autoridade Palestina.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.