Tropas paquistanesas matam 43 militantes em Khyber

Tropas paquistanesas com o apoio de helicópteros mataram 43 militantes no sábado em ataques a esconderijos na região noroeste de Khyber Pass, disse um porta-voz do grupo paramilitar Corporação da Fronteira.

IBRAHIM SHINWARI, REUTERS

05 de setembro de 2009 | 10h12

Khyber Pass é uma importante rota para o fornecimento de produtos do porto paquistanês de Karachi para as forças ocidentais que enfrentam militantes da Al Qaeda e do Taliban no Afeganistão.

Os ataques aéreos aconteceram no momento em que as tropas eliminavam posições militantes no vale Swat, onde o Exército afirma que mais de 2 mil combatentes foram mortos desde que uma ofensiva foi lançada em abril.

As tropas iniciaram uma nova operação em Khyber nesta semana contra militantes que incluem os que fugiram da ofensiva em Swat.

"Nossas forças tinham como alvo quartéis generais de Lashkar-e-Islam e cerca de 15 militantes foram mortos no ataque", disse um porta-voz da Corporação da Fronteira em Peshawar, referindo-se a um grupo sob o comando de Mangal Bagh, um militante étnico Pashtun.

Outros 28 foram mortos em outros lugares em combates com insurgentes e em ataques aéreos a supostos esconderijos militantes.

Khyber é uma das sete regiões paquistanesas com alto grau de autonomia com base em leis tribais.

(Reportagem adicional de Augustine Anthony)

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTAOMORTOS*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.