Tropas paquistanesas retomam reduto do Taliban no Waziristão

Forças paquistanesas apoiadas por helicópteros e artilharia recapturaram uma cidade estratégica de militantes do Taliban depois de uma acirrada batalha, disseram militares no sábado.

HAFIZ WAZIR, REUTERS

24 de outubro de 2009 | 10h09

A cidade de Kotkai, no Waziristão do Sul, já mudou de mãos três vezes desde que o exército lançou uma grande ofensiva contra redutos do Taliban há uma semana, mostrando a dificuldade de ganhar terreno nas montanhas e vales perto do Afeganistão.

Em Kotkai nasceu o chefe do Taliban paquistanês, Hakimullah Mehsud, e a cidade é lar de Qari Hussain Mehsud, um importante comandante do grupo conhecido como "o mentor dos homens-bomba."

A ofensiva é um teste da determinação do governo de Islamabad em combater os fundamentalistas islâmicos. A campanha está sendo seguida de perto pelos Estados Unidos e por outras potências envolvidas no conflito afegão.

Os militantes responderam à ofensiva aumentando uma campanha de ataques suicidas a bomba que já mataram mais de 150 pessoas e feriram dezenas nas últimas três semanas.

Uma importante autoridade do governo disse que as forças de segurança paquistanesas entraram em Kotkai na noite de sexta-feira e agora estavam limpando a área.

Outra autoridade na área de segurança disse que pelo menos oito militantes foram mortos nos combates.

As forças de segurança paquistanesas agora estão avançando em direção a outro reduto do Taliban, em Kanigorum.

Tudo o que sabemos sobre:
PAQUISTAOTALIBAN*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.