Osman Orsal/Reuters
Osman Orsal/Reuters

Tropas sírias mobilizam-se perto da Turquia, diz rebelde

Relações entre países estão cada vez mais tensas desde destruição de um jato turco

AE, Agência Estado

29 de junho de 2012 | 12h21

BEIRUTE - O chefe do conselho militar do Exército Livre Sírio afirmou nesta sexta-feira, 29, que tropas do governo da Síria estão se mobilizando perto da fronteira com a Turquia. As relações entre os dois países estão cada vez mais tensas desde a destruição de um jato turco na semana passada.

Veja também:

linkBashar Assad diz que sua missão é 'eliminar terroristas'

linkRefugiados sírios podem ser 185 mil até fim do ano

tabela ESPECIAL: Refugiados

"Unidades militares estão concentrando-se a 15 quilômetros, ou pouco mais, da fronteira com a Turquia, na região noroeste" da Síria, afirmou para a Agência France-Press, Mustafa al-Sheikh. De acordo com ele, cerca de 2,5 mil soldados e 170 tanques e outros veículos estão estacionados na área, cerca de 25 quilômetros distante da cidade de Alepo.

Forças do governo "reagruparam-se e deixaram alguns dos postos nos arredores de Alepo, indo em direção a outros locais" próximos a fronteira, afirmou o comandante rebelde. A Turquia enviou baterias de mísseis, tanques e tropas para a região, visando formar um "corredor de segurança", após a Síria ter derrubado o avião militar, afirma a imprensa local.

Sheikh diz que a acumulação de tropas pode ser "uma demonstração de força contra o Exército turco". Mas a movimentação também pode ser em preparação para operações dentro da Síria, ainda mais levando-se em conta os intensos bombardeios realizados pelo governo contra a região nas últimas semanas. "Outra possibilidade para esta mobilização pode ser um ataque na região de Alepo", disse Sheikh.

As informações são da Dow Jones

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.