AP Photo/Seth Perlman
AP Photo/Seth Perlman

Trump afirma que John Kasich 'poderia ser um bom vice-presidente'

Magnata republicano disse 'estar interessado' no governador de Ohio, que poderia 'ser de muita ajuda' para garantir a nomeação na Convenção Nacional do partido, marcada para julho em Cleveland

O Estado de S. Paulo

04 Maio 2016 | 19h05

NOVA YORK, EUA - O pré-candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, disse nesta quarta-feira, 4, que o governador de Ohio, John Kasich, "fez bem" em retirar-se da corrida à Casa Branca, e ressaltou que "(Kasich) poderia ser um bom vice-presidente", segundo declarou à emissora "CNN".

"Estou interessado nele. Temos uma boa relação e poderia ser de muita ajuda", afirmou o magnata nova-iorquino após saber da retirada da corrida pela indicação republicana do governador de Ohio poucas horas após o anúncio da desistência de seu principal rival, o senador Ted Cruz.

Por ora, Trump, que ficou sozinho na corrida eleitoral republicana, após ter começado com outros 16 pré-candidatos, convidou Kasich a "ajudar para ganhar em Ohio". A Convenção Nacional Republicana, será realizada em julho em Cleveland, segunda maior cidade do Estado, e designará oficialmente o candidato presidencial.

Trump afirmou que para ele "a campanha começa hoje" e destacou que, enquanto no lado republicano ele se fortalece, a pré-candidata democrata Hillary Clinton "não consegue impor-se sobre Bernie Sanders". "Enquanto eu faço campanha contra ela, Hillary tem que fazer campanha contra Sanders", comentou. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.