REUTERS/Jonathan Ernst
REUTERS/Jonathan Ernst

Trump assistirá a desfile militar pela queda da Bastilha em Paris

Presidente americano aceitou o convite do colega Emmanuel Macron; os dois líderes devem conversar sobre a crise na Síria e situação no Golfo

O Estado de S.Paulo

28 de junho de 2017 | 17h08

PARIS - O governo francês informou nesta quarta-feira, 28, que o presidente Donald Trump aceitou um convite de Emmanuel Macron para assistir ao tradicional desfile militar anual em Paris em comemoração à queda da Bastilha, no dia 14 de julho.

"Com este objetivo, soldados americanos participarão no desfile junto a seus colegas franceses", indica o comunicado do Palácio do Eliseu, recordando que o desfile comemorará este ano o centenário da entrada dos Estados Unidos na 1.ª Guerra.

A Casa Branca também confirmou a presença no evento. "O presidente Trump está impaciente por reafirmar os fortes vínculos de amizade entre EUA e França", disse, em comunicado. "Os dirigentes reforçarão a sólida aliança econômica e na luta antiterror que une os dois países", detalha o documento.

Um dos temas mais importantes que devem ser discutidos é o conflito sírio. Na terça-feira 27, os dois tiveram uma conversa telefônica e disseram estar "prontos para dar uma resposta comum" em caso de novo ataque com armas químicas na Síria.

Além dessa crise, outras devem ser discutidas pelos presidentes, como a crise no Golfo, após o Catar ser isolado pelos países vizinhos - o que ocorreu logo após uma visita de Trump à Arábia Saudita.

Terror.

A data neste ano coincide com um ano do atentado terrorista em Nice, que deixou 86 mortos e 434 feridos. Macron viajará ao local para uma homenagem às vítimas, mas Trump não deve acompanhá-lo. O ataque em 2016 ocorreu justamente nas comemorações do Dia da Bastilha. Um caminhão invadiu uma avenida e atropelou dezenas de pedestres que acompanhavam a cerimônia. /AFP e REUTERS

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.