Charles Platiau/ Reuters
Charles Platiau/ Reuters

Trump ataca Macron após aterrissar em Paris por declaração sobre exército europeu

No Twitter, norte-americano criticou entrevista concedida pelo francês sobre reforço militar na Europa; presidentes devem se encontrar neste sábado

O Estado de S.Paulo

10 Novembro 2018 | 03h56

PARIS - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, criticou nesta sexta-feira, 9, contra o presidente francês, Emmanuel Macron, por conta de uma declaração sobre a criação de um exército europeu. Pelo Twitter, Trump disparou logo após aterrissar no aeroporto parisiense de Orly para participar do Centenário do Armistício da 1ª Guerra.

"O presidente francês Macron acaba de propor que a Europa construa seu próprio exército para se proteger dos Estados Unidos, China e Rússia. Muito insultante, mas talvez a Europa deveria primeiro pagar por sua parte equitativa da Otan, que os Estados Unidos subvencionam enormemente!", escreveu Trump na sua conta do Twitter.

Na última terça-feira, 6, Macron defendeu durante entrevista para uma rádio francesa a ideia de "uma Europa soberana, que conte com um verdadeiro exército europeu que permita uma menor dependência dos EUA para se defender das novas ameaças".

O presidente americano e a primeira-dama, Melania Trump desembarcaram do Air Force One no aeroporto de Orly às 22h21 (horário local, 19h21 em Brasília), onde foram recebidos pelo embaixador do seu país na França, Jamie McCourt, e por autoridades francesas.

Neste sábado, às 11 horas (8h no horário de Brasília) Macron receberá Trump no Palácio do Eliseu para uma reunião bilateral, que será seguida por um lanche com seus cônjuges. Os casais também visitarão o cemitério americano de Bois Belleau, na região de Aisne.\ EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.