Brendan Smialowski / AFP
Brendan Smialowski / AFP

Trump conversa com Guaidó por telefone e oferece apoio a opositor

Por meio de sua conta no Twitter, Trump também comentou a crise na Venezuela: 'Maduro está disposto a negociar com a oposição venezuelana depois das sanções e do corte da renda do petróleo'

Redação, O Estado de S.Paulo

30 de janeiro de 2019 | 14h47

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, conversou com o líder opositor venezuelano Juan Guaidó, por telefone nesta quarta-feira (30), para oferecer seu apoio - informou a Casa Branca.

De acordo com a nota da Casa Branca, "o presidente Donald J. Trump falou hoje com o presidente venezuelano interino, Juan Guaidó, para parabenizá-lo por sua histórica posse da Presidência e para reforçar o forte apoio do presidente Trump à luta da Venezuela para recuperar sua democracia".

O presidente Nicolás Maduro afirma que Guaidó é parte de um golpe liderado pelos Estados Unidos. A Suprema Corte venezuelano proibiu Guaidó de deixar o país.

Por meio de sua conta no Twitter, Trump também comentou a crise na Venezuela. “Maduro está disposto a negociar com a oposição venezuelana depois das sanções e do corte da renda do petróleo. Guaidó está sendo alvo da Suprema Corte”, disse Trump. “Protestos grandes são esperados para hoje. Americanos não devem viajar para a Venezuela.”/ AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.