Richard Drew/AP
Richard Drew/AP

Trump deixa republicanos e pode se candidatar como independente

Empresário disputará as eleições presidenciais de 2012 e pode entrar na campanha eleitoral caso republicanos não consigam nomear um candidato capaz de derrotar Obama

Agência Estado,

24 de dezembro de 2011 | 12h50

NOVA YORK - O polêmico empresário e apresentador de televisão Donald Trump se desfiliou do Partido Republicano e trocou seu título eleitoral para "independente", no seu estado natal de Nova York, nos Estados Unidos. Um porta-voz afirmou que a mudança foi feita para manter aberta a possibilidade de Trump disputar as eleições presidenciais no ano que vem.

Na quinta-feira Michael Cohen, assessor especial de Trump, já tinha dito que o empresário poderia entrar na corrida eleitoral se os republicanos não conseguirem nomear um candidato que possa derrotar o atual presidente, Barack Obama, que tentará a reeleição. Ele disse também que provavelmente Trump usará parte de sua enorme fortuna na campanha.

Cohen explicou que o compromisso de Trump com o programa de televisão "O aprendiz" o impede de iniciar uma possível campanha antes de maio, quando termina a edição atual do reality show.

 

As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
trumpeleiçõespresidência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.