Reprodução/Twitter
Reprodução/Twitter

Trump diz a jornalista que ela ‘nunca pensa’

Em entrevista coletiva sobre comércio, presidente não queria falar sobre outros temas

O Estado de S.Paulo

02 Outubro 2018 | 20h21

WASHINGTON  - A série de entreveros do presidente americano, Donald Trump, com jornalistas teve um novo capítulo na segunda-feira, durante uma entrevista sobre o acordo comercial entre EUA, México e Canadá, no jardim da Casa Branca. Trump ofendeu a jornalista Cecilia Vega, da rede ABC News.

Ele escolheu a jornalista para fazer uma pergunta e, em seguida, disse: “Ela está chocada porque a escolhi”, disse o presidente, provocando risos de seus assessores ao fundo.

A repórter respondeu “eu não estou chocada” e emendou, enquanto se levantava: “Obrigada, sr. presidente”. Possivelmente, Trump confundiu a palavra em inglês para “obrigada” (“thank you”) com “pensando” (“thinking”). Ele então respondeu: “Eu sei que você não está pensando. Você nunca pensa.”

A repórter, surpresa, disse “me desculpe?”, mas Trump pediu a ela que prosseguisse. “Nada, vá em frente. Vá em frente.” Vega fez uma pergunta sobre a nomeação do juiz Brett Kavanaugh para a Suprema Corte dos EUA. “O que isso tem a ver com comércio?”, respondeu Trump. “Não me importo de responder, mas gostaria de responder sobre comércio.”

Na sequência da entrevista, ela refez sua pergunta sobre o juiz, que foi respondida por Trump. Mais tarde, a repórter usou o Twitter para dizer que uma entrevista coletiva “serve para que os repórteres possam fazer as perguntas que querem fazer”. E usou uma hashtag em defesa da liberdade de imprensa. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.