Anna Moneymaker / The New York Times
Anna Moneymaker / The New York Times

Trump diz que Baltimore é ‘pior que Honduras’ com relação à violência

Presidente americano foi acusado de racismo após as críticas feitas no domingo contra o senador democrata Elijah Cummings e sua cidade de maioria negra 

Redação, O Estado de S.Paulo

31 de julho de 2019 | 06h39

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a criticar a cidade americana de Baltimore, ao sugerir que é mais violenta do que Honduras, país da América Central sem guerra que conta com uma das taxas de homicídios mais altas do mundo.

“Acontece que Baltimore é um dos piores casos”, disse o mandatário em uma entrevista ao jornal Washington Post na terça-feira, 30.

“Se olhar estatisticamente… O número de tiroteios, de crimes, de tudo. Esta manhã ouvi uma estatística: Baltimore é pior que Honduras”, afirmou ele.

Trump foi acusado de racismo após criticar, no domingo, o senador democrata Elijah Cummings, de Baltimore, cidade de maioria negra e governada por democratas.

Em 2017, de acordo com dados do FBI, Baltimore - com uma população de 600 mil pessoas - contava com uma taxa de 55,8 homicídios para cada 100 mil habitantes.

Honduras, com mais de 9 milhões de habitantes, registrou 41,2 homicídios para cada 100 mil habitantes em 2018, e San Pedro Sula estava entre as cidades mais violentas do mundo no relatório divulgado em novembro pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento, com mais de 100 mil assassinatos. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.