Al Drago/The New York Times
Al Drago/The New York Times

Trump está colocando EUA ‘à prova de modo sem precedentes’, diz líder democrata

Chuck Schumer afirmou que está ‘impressionado’ com as novas revelações do jornal ‘The New York Times’ sobre o presidente americano

O Estado de S.Paulo

17 Maio 2017 | 11h31

WASHINGTON - O líder da minoria democrata do Senado dos EUA, Chuck Schumer, afirmou na terça-feira 16 que "o país está sendo posto à prova de um modo sem precedentes", após a divulgação de memorandos revelados pelo jornal The New York Times que indicam que o presidente Donald Trump pode ter tentado obstruir investigações do FBI (Polícia Federal americana) sobre a Rússia.

Schumer assegurou estar "impressionado" pelas novas revelações, apenas alguns minutos depois que o jornal nova-iorquino publicou as informações.

Segundo o NYT, Trump pediu em fevereiro que o então diretor do FBI, James Comey, colocasse um fim a uma investigação sobre as ligações com a Rússia do ex-assessor de Segurança Nacional Michael Flynn, que teve de renunciar a seu cargo após comprovação de laços com o Kremlin.

"A história está nos olhando", alertou o líder democrata na Câmara alta, em relação à responsabilidade que recai agora sobre o Congresso para exigir e habilitar uma investigação independente sobre a possível influência russa nas eleições presidenciais de novembro, nas quais Trump venceu a então candidata democrata, Hillary Clinton.

A solicitação está contida em um documento que Comey escreveu para relatar o que havia falado com Trump. O jornal não teve acesso direto ao documento, mas um dos assistentes do ex-diretor do FBI leu parte do texto ao NYT.

"Espero que possa deixar isto passar", disse Trump a Comey, segundo a publicação. "É um bom sujeito", acrescentou o governante. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.