AP Photo/Pablo Martinez Monsivais
AP Photo/Pablo Martinez Monsivais

Trump manda agência ambiental excluir dados sobre aquecimento global

Medida é a mais recente nos esforços do republicano de reverter a política ambiental do ex-presidente Barack Obama

O Estado de S.Paulo

25 Janeiro 2017 | 17h44

WASHINGTON O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, determinou nesta quarta-feira, 25, que a Agência de Proteção Ambiental retire de seu site na internet toda a informação disponível sobre o aquecimento global.

A medida é a mais recente nos esforços do republicano de reverter a política ambiental do ex-presidente Barack Obama. Os empregados da agência foram notificados na terça-feira das novas diretrizes. 

"Anos de trabalho vão desaparecer", disse um funcionário da EPA à Reuters. Representantes de Trump não quiseram comentar a decisão. 

A medida reforça as precupações de que Trump -  um cético sobre os efeitos do aquecimento global - possa cortar verbas de pesquisas sobre o impacto de combustíveis fósseis na temperatura do planeta. 

As páginas apagadas incluem dados sobre emissão de gás carbônico e sobre o impacto da atividade humana no clima. 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.