EFE/JIM LO SCALZO
EFE/JIM LO SCALZO

Trump mente 5,5 vezes por dia

Neste ritmo, ele deve chegar a 1.999 falsas declarações até o fim do ano

O Estado de S.Paulo

16 Novembro 2017 | 05h00

No começo do ano, o jornal The Washington Post criou um projeto para analisar, categorizar e acompanhar cada uma das afirmações falsas ou enganosas feitas por Donald Trump desde sua posse, em 20 de janeiro.

Até a terça-feira, após 298 dias à frente da Casa Branca, a ferramenta desenvolvida pelo diário indicava que Trump havia feito 1.628 afirmações do tipo, uma média de 5,5 mentiras ou meias-verdades por dia – neste ritmo, ele deve chegar a 1.999 falsas declarações até o fim do ano.

+ Ideias que Trump matou

No último mês, segundo o Post, a situação foi ainda pior: Trump faltou com a verdade ou usou informações distorcidas, em média, 9 vezes por dia – se seguir esta tendência, passará facilmente das 2 mil mentiras até 31 de dezembro.

O levantamento aponta também que o presidente tem uma tendência a se repetir. Até o momento, ele já contou 50 fatos sem precisão 3 ou mais vezes. No topo da lista, repetida em 60 ocasiões, está alguma variação da alegação de que a reforma da saúde adotada em 2010, e conhecida como Obamacare, está “essencialmente morta”. 

Mas, segundo a agência do Congresso responsável pelo orçamento dos EUA, o Obamacare deve permanecer estável no futuro próximo.

Outra atitude que Trump faz rotineiramente é reivindicar para si eventos ou decisões comerciais que ocorreram antes mesmo de ele fazer seu juramento como presidente – em alguns casos, antes mesmo de ele ser eleito. Ele alegou 55 vezes que conseguiu investimentos de empresários e anunciou a criação de empregos que não eram novos e poderiam ser facilmente encontrados numa pesquisa do Google.

Recentemente, com os esforços para aprovar no Congresso uma reforma tributária, duas das reivindicações passaram a ser usadas com mais frequência pelo bilionário de língua solta: a de que sua reforma fará o maior corte de impostos na história do país e a de que os EUA são uma das nações com maior carga tributária do mundo.

A mentira sobre o corte de impostos já foi contada 40 vezes, mesmo com dados do Departamento do Tesouro dos EUA apontando o plano de Trump apenas como o 8.º neste ranking. Já a lorota sobre ser um nação sobretaxada foi contada em 50 ocasiões – para ser preciso, ele afirmou em 19 ocasiões que os EUA têm os maiores impostos corporativos e 31 vezes que são uma das nações mais tributadas. / WASHINGTON POST

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.