REUTERS/Leonhard Foeger
REUTERS/Leonhard Foeger

Trump 'não tem poder' para pôr fim a acordo com o Irã, diz chanceler europeia 

As reações continuaram na Europa e Paris, Berlim e Londres declararam que se mantêm 'comprometidos' com o pacto firmado em 2015; Rússia diz que acordo continua 'intacto'

O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2017 | 16h02

BRUXELAS - A chefe da diplomacia europeia, Federica Mogherini, afirmou nesta sexta-feira, 13, que o presidente americano, Donald Trump "não tem" o poder para pôr fim ao pacto nuclear fechado entre o Irã e as potências nucleares do Conselho de Segurança (China, Rússia, EUA, França e Inglaterra), mais a Alemanha, com a mediação da União Europeia. Segundo ela, o acordo está "funcionando" e Teerã "mantém suas promessas". 

+ Artigo: Mundo não deve ter um Irã nuclear, cumpra-se o acordo

"Não podemos nos permitir, como comunidade internacional, e em particular a Europa, desmontar um acordo que funciona e mantém suas promessas", afirmou Mogherini poucos minutos depois de Trump anunciar que não certificaria o acordo.

As reações continuaram na Europa e Paris, Berlim e Londres declararam que se mantêm "comprometidos" com o acordo nuclear.  "Permanecemos comprometidos com o JCPOA (acrônimo do texto) e sua plena aplicação por todas as partes", reportou um comunicado conjunto da primeira-ministra britânica, Theresa May; da chanceler alemã, Angela Merkel; e do presidente francês, Emmanuel Macron.

A Rússia, por sua vez, classificou a estratégia anunciada por Trump com relação ao Irã de uma "retórica agressiva e ameaçadora" e ressaltou que o acordo, do qual também é signatária, "intacto". 

Em nota, o Ministério das Relações Exteriores russo considerou que a decisão do presidente americano de se recusar a "certificar" o acordo de 2015 "não terá impacto direto sobre a aplicação" do texto, e tratou-se, na verdade, de um "elemento de debate interno" nos EUA. / AFP e EFE 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.