AP/Evan Vucci
AP/Evan Vucci

Trump pede que China mantenha forte controle na fronteira com Coreia do Norte

Pelo Twitter, presidente americano afirmou que torce pelo êxito norte-coreano, mas apenas depois que compromisso para desnuclearização for firmado

O Estado de S.Paulo

21 Maio 2018 | 12h07

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, pediu pelo Twitter que a China mantenha sua fronteira com a Coreia do Norte "forte e de ferro" até que Pyongyang assine um compromisso para acabar com seu programa nuclear.

Trump escreveu que "recentemente a fronteira (entre China e Coreia do Norte) se tornou muito mais porosa e permeável", acrescentando que torce pelo êxito norte-coreano, mas apenas depois de o país firmar um acordo. "Quero que isso aconteça, quero que a Coreia do Norte seja muito exitosa, mas só depois de assinar [o acordo]", postou o presidente.

+ Coreia do Norte suspende reunião com Sul após manobras militares de Seul e Washington

No dia 9 de maio, o secretário de Estado americano Mike Pompeo foi até Pyongyang para dar continuidade no planejamento da cúpula EUA-Coreia do Norte, marcada para o dia 12 de junho. Ele voltou aos Estados Unidos com três americanos que estavam detidos no país, e a libertação do grupo foi considerada um gesto de boa vontade no processo de aproximação entre os dois países.

+ Saiba quem são os americanos libertados que estavam detidos na Coreia do Norte

Embora a Casa Branca tenha assegurado que os preparativos para a cúpula histórica continuam, a Coreia do Norte sugeriu, na semana passada, um possível cancelamento do evento caso os EUA exijam uma desnuclearização "unilateral" e não ofereçam garantias ao país. / EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.