Ivan Sekretarev/AP Photo
Ivan Sekretarev/AP Photo

Trump pede que Tillerson reconstrua relações com a Rússia

Em viagem à Nova Zelândia, secretário de Estado dos EUA não comentou detalhes das investigações, mas disse que trabalhará para restabelecer a confiança entre os países

O Estado de S.Paulo

06 de junho de 2017 | 04h02

WELLINGTON - O secretário de Estado dos Estados Unidos, Rex Tillerson, disse na terça-feira, 6, que o presidente Donald Trump pediu para ele reconciliar as relações com a Rússia, que estão se deteriorando, e para ele reconstruir a confiança entre os dois países. 

O principal diplomata norte-americano falou em Wellington, Nova Zelândia, onde ele se reúne com o primeiro-ministro Bill English durante uma visita rápida. 

Tillerson disse que não poderia comentar os detalhes das investigações da Rússia ou o que elas poderiam causar para a administração Trump. "Não tenho conhecimento", afirmou. Segundo Tillerson, Trump pediu para ele não permitir que o alvoroço o impeça de trabalhar na relação entre os dois países.

"Ele foi claro comigo para avançar nas áreas que eu acredito que podemos progredir", disse. "Eu realmente não estou envolvido em nenhuma outra questão". 

Tillerson também foi perguntado sobre os tuítes provocativos de Trump, incluindo aqueles em que critica o prefeito de Londres após o ataque que deixou sete mortos e vários feridos na London Bridge no último fim de semana. "O presidente tem seu jeito único de se comunicar com o povo americano e o mundo. Tem funcionado muito bem para ele. Não pretendo aconselhá-lo na forma de se comunicar. Isso é com ele". 

Tillerson reafirmou a Bill English o comprometimento dos Estados Unidos com a região da Ásia e do Pacífico. A ida de Tillerson à Nova Zelândia ocorre após sua passagem pela Austrália. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.