Tom Brenner/REUTERS
Tom Brenner/REUTERS

Trump realiza o primeiro evento público desde o diagnóstico de covid-19

Casa Branca não informou se presidente ainda está contagioso

Redação, O Estado de S.Paulo

10 de outubro de 2020 | 15h15

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, fez neste sábado, 10, sua primeira aparição pública desde que voltou à Casa Branca após uma internação de três dias no hospital por causa da covid-19, embora seus assessores não tenham informado se ele ainda é capaz de infectar outras pessoas.

Trump discursou da varanda da Casa Branca em um evento chamado 'um protesto pacífico pela lei e ordem', com a presença de algumas centenas de pessoas no gramado abaixo. Sua aparição é vista como um primeiro passo para retomar a campanha completa na próxima semana.

A Casa Branca não divulgou os resultados do último teste de covid-19 de Trump e se recusou a dizer quando o último teste deu negativo. Uma porta-voz da Casa Branca disse na sexta-feira que Trump seria testado e não iria a público se fosse determinado que ele ainda poderia espalhar o vírus.

Trump, que fez campanha com o tema da lei e da ordem durante os últimos meses de protestos, às vezes violentos, por justiça racial, deve dizer que policiais desonestos seriam punidos por qualquer delito. Mas, ele acrescentará: "Nunca devemos permitir a regra MOB."

Os esforços de Trump para se retratar como duro com o crime tiveram pouco impacto em sua posição nas pesquisas de opinião nacionais, que o mostram atrás de seu adversário democrata Joe Biden por dois dígitos. Mas a diferença entre os dois candidatos é menor no campo de batalha dos Estados que podem determinar quem ganha a Casa Branca. /REUTERS

Tudo o que sabemos sobre:
Donald Trumpcoronavírus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.