AFP PHOTO / Henry Holt and Company  & GETTY IMAGES NORTH AMERICA AND Getty Images for New York Magazine / Ben GABBE
AFP PHOTO / Henry Holt and Company & GETTY IMAGES NORTH AMERICA AND Getty Images for New York Magazine / Ben GABBE

Trump rejeita acusações de livro e diz ter um gênio muito equilibrado

'Eu acho que seria qualificado não como inteligente, mas gênio... e um gênio muito equilibrado', diz presidente sobre publicação que questiona sua estabilidade mental

O Estado de S.Paulo

06 Janeiro 2018 | 16h11

 WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, descreveu-se no sábado como um “gênio muito equilibrado”, após a publicação de um livro altamente crítico que questionou sua capacidade para o cargo.

+ Vídeo:  Venda de livro polêmico sobre Trump é intensa

“Na verdade, ao longo da minha vida, meus dois maiores recursos foram a estabilidade mental e ser... realmente inteligente”, disse Trump no Twitter. “Eu fui de um homem de negócios MUITO bem-sucedido para estrela da TV... (e) para presidente dos Estados Unidos (na minha primeira tentativa). Eu acho que seria qualificado não como inteligente, mas gênio... e um gênio muito equilibrado nisso!”

O livro de Michael Wolff, “Fire and Fury: Inside the Trump White House” (“Fogo e Fúria: Dentro da Casa Branca Trump”) se tornou um best-seller instantâneo na sexta-feira. O livro, desdenhado por Trump como cheio de mentiras, retrata uma Casa Branca caótica, um presidente que estava mal preparado para conquistar o cargo em 2016 e auxiliares de Trump que desprezavam suas habilidades./ REUTERS

 

Mais conteúdo sobre:
Michael Wolff Donald Trump

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.