Frederic J. Brown/AFP
Frederic J. Brown/AFP

Trump sobe nas pesquisas antes do primeiro debate entre candidatos republicanos

Em quatro dias, magnata subiu de 15% para 24,9% nas intenções de voto. Encontro ocorrerá no dia 6 de agosto em Cleveland

O Estado de S. Paulo

30 de julho de 2015 | 14h44

WASHINGTON - Uma nova pesquisa de opinião Reuters/Ipsos mostrou nesta quinta-feira, 30, que o candidato Donald Trump está ganhando força antes do primeiro debate entre candidatos republicanos, que será realizado na próxima semana.

Mesmo após seus comentários polêmicos, Trump conta com maior apoio em nível nacional, sendo que um quarto dos republicanos entrevistados disseram que ele seria a sua opção como candidato presidencial do partido em 2016. Ele abriu vantagem de dois dígitos sobre seu rival mais próximo, o ex-governador da Flórida Jeb Bush, que está com 12%.

"Estou orgulhoso de estar em primeiro lugar por uma margem tão ampla em outra pesquisa nacional", disse Trump em um comunicado.

O empresário subiu nas pesquisas desde a ligeira queda sofrida em razão dos comentários sobre o serviço militar do senador John McCain. A pesquisa contínua durante cinco dias mostrou o magnata do setor imobiliário com 15% de apoio entre os republicanos na sexta-feira, subindo para 24,9% quatro dias depois.

"Ele não vai embora", disse Steve Duprey, membro do Comitê Nacional Republicano do Estado de New Hampshire e ex-assessor de McCain. "Há pessoas que pensam que a sua candidatura é algo momentâneo, mas eu acho que subestimam seu apelo."

Na próxima semana, no dia 6 de agosto, será realizado em Cleveland o primeiro debate entre os pré-candidatos republicanos. Patrocinado pela Fox News, ele utilizará pesquisas nacionais para escolher 10 dos 17 candidatos que poderão participar. Além de ser a primeira vez que eles terão a chance de expor suas ideias, será também o primeiro encontro de Trump com seus concorrentes, onde ele terá que debater suas opiniões polêmicas. /REUTERS


Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.