REUTERS/Kevin Lamarque
REUTERS/Kevin Lamarque

Trump sugere que tem QI maior que seu secretário de Estado

Em entrevista à revista 'Forbes', presidente americano diz não acreditar nas reportagens segundo as quais Rex Tillerson o teria chamado de 'idiota', mas sugere que venceria uma comparação de testes de Quociente de Inteligência (QI) dos dois

O Estado de S.Paulo

10 Outubro 2017 | 13h55

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse não acreditar nas reportagens segundo as quais seu secretário de Estado, Rex Tillerson, o teria chamado de "idiota", mas insinuou nesta terça-feira, 10, que é mais inteligente, sugerindo comparar testes de Quociente de Inteligência (QI) dos dois.

Trump diz que negociar com a Coreia do Norte é 'perda de tempo'

"Acho que é uma notícia falsa", desconversou Trump, ao falar com revista "Forbes". "Mas, se fez isso, acho que teremos de comparar os testes de QI e posso lhe dizer quem vai ganhar", acrescenta o republicano na entrevista publicada nesta terça.

Algo sobre este episódio, no entanto, parece incomodar o presidente, que tem um almoço marcado com Tillerson na Casa Branca nesta terça-feira.

Na semana passada, Tillerson teve de negar uma matéria da NBC News que afirmava que ele teria chamado Trump de "idiota" depois de uma reunião em julho no Pentágono. "Ele é inteligente", desconversou o secretário americano de Estado em entrevista, referindo-se a Trump.

A matéria da NBC News veio à tona poucos dias depois de Trump ter desautorizado Tillerson - em tom de brincadeira, mas publicamente - por "perder tempo" tentando negociar com a Coreia do Norte para conter seu programa balístico e nuclear.

O comentário de Trump no Twitter reavivou rumores de que o secretário de Estado estaria insatisfeito no cargo, embora o ex-CEO da ExxonMobil tenha insistido que não tem a intenção de renunciar. / AFP

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.