AFP PHOTO / OLI SCARFF
AFP PHOTO / OLI SCARFF

Trump vê 'paralelo real' entre sua campanha à presidência dos EUA e saída britânica da UE

Propostas anti-imigrante de republicano o aproximam do discurso dos partidários do Brexit

Cláudia Trevisan, CORRESPONDENTE / Washington, O Estado de S. Paulo

24 de junho de 2016 | 11h39

WASHINGTON - Dono de uma retórica semelhante à usada pelos defensores do Brexit, o republicano Donald Trump disse nesta sexta-feira, 24, que vê um “paralelo real” entre sua campanha à presidência dos Estados Unidos e a decisão dos britânicos de saírem da União Europeia.

A proposta de deportar 11 milhões de imigrantes que vivem sem documentos nos EUA e de construir um muro na fronteira com o México aproxima Trump das posições anti-imigrante manifestadas pelos que propunham o Brexit. Ambos também coincidem no discurso nacionalista e na rejeição à globalização e a tratados de livre comércio.

Não por acaso, o slogan de Trump - “América primeiro” - é semelhante ao usado por partidários do Brexit (“Grã-Bretanha primeiro”). Em entrevista coletiva na Escócia, onde está para inaugurar um campo de golfe, o candidato afirmou que decisões semelhantes ocorrerão “mais e mais”. Segundo Trump, o voto refletiu o desejo da população britânica de retomar suas fronteiras e seu sistema monetário.

Em sua conta no Twitter, o candidato afirmou que a América está “orgulhosa” e permanecerá “ombro a ombro” com um Reino Unido “livre e independente”. Trump disse ainda que “a autodeterminação é um direito sagrado de todos os povos livres e o povo do Reino Unido exerceu esse direito para todo o mundo ver”.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.