Tufão Bopha mata centenas de pessoas nas Filipinas

Mais de 120 mil pessoas estão desabrigadas por conta do ciclone.

BBC Brasil, BBC

05 de dezembro de 2012 | 11h06

O Tufão Bopha já matou mais de 200 pessoas nas Filipinas, principalmente na ilha de Mindanau, a segunda maior do país, com 21 milhões de habitantes.

A região mais afetada é o distrito de Compostela Valley, onde os ventos alcançaram 210 km/h.

Na Vila de Andap, um deslizamento atingiu uma escola e um edifício público que serviam de abrigos, e matou pelo menos 43 pessoas no local.

A estimativa inicial é que 120 mil pessoas ficaram desabrigadas e 70% das plantações da região foram completamente destruídas.

As equipes de resgate têm dificuldades para chegar a vilas remotas, já que o mar na região está muito agitado e muitas estradas estão bloqueadas.

De acordo com autoridades filipinas, 40 mil pessoas tinham sido removidas de suas casas antes da chegada do ciclone, o que evitou uma tragédia ainda maior.

Em dezembro do ano passado, o tufão Washi, que não era tão forte quanto o Bopha, matou 1.300 pessoas.

O ciclone deve seguir para o sul do mar da China nesta quinta-feira. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.