Tufão chega a Vietnã e afunda dois navios chineses

Milhares de pessoas estão sendo retiradas de suas casas em áreas consideradas de alto risco na região central do Vietnã nesta segunda-feira, à medida que um tufão, que afundou pelo menos dois navios de pesca chineses, se aproximava da costa.

AE, Agência Estado

30 Setembro 2013 | 04h13

No total, 75 pescadores estão desaparecidos após três navios enfrentarem fortes ventos perto das Ilhas Paracel, de acordo com um comunicado no site do governo de Hainan, no sul da China. Duas das embarcações afundaram neste domingo e o contato com a terceira embarcação foi perdido.

Segundo um meteorologista do Vietnã, a expectativa era que o tufão Wutip chegaria a costa central do país na tarde desta segunda-feira com ventos de até 93 quilômetros por hora. As fortes chuvas também eram esperadas.

De acordo com Le Tri Cong, mais de 8 mil moradores de Quang Tri tiveram que ser encaminhadas para lugares seguros neste domingo. Outras 35 mil pessoas também serão resgatadas porque estão em áreas suscetíveis a inundações e deslizamentos de terra. Mais de 140 mil pessoas em outras quatro províncias centrais também devem sair de suas casas, já que o tufão deve chegar a essas regiões.

O tufão Wutip é o mais forte a atingir o Vietnã nesta temporada. A tempestade tropical mais forte que atingiu a Ásia neste ano foi o tufão Usagi, que causou pelo menos 33 mortes nas Filipinas e na China no início deste mês. O Vietnã é propenso a inundações e tempestades que matam centenas de pessoas anualmente.Fonte: Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
vietnãtufãochina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.