EFE/ EPA/ FRANCIS R. MALASIG
EFE/ EPA/ FRANCIS R. MALASIG

Tufão chega às Filipinas e provoca cancelamentos de viagens

Chuvas fortes, inundações e deslizamentos de terra estão previstos na parte central do arquipélago

Redação, O Estado de S.Paulo

24 de dezembro de 2019 | 11h30

MANILA - O tufão Phanfone chegou às Filipinas nesta terça-feira, 24, com ventos de até 150 quilômetros por hora, o que provocou cancelamentos de viagens em aeroportos, portos e rodoviárias. Milhares de passageiros foram afetados em plena véspera de Natal.

A agência meteorológica filipina Pagasa disse, em seu último boletim, que o tufão de nível 3 (em uma escala cujo máximo é 5) pode causar chuvas fortes, inundações e deslizamentos de terra na parte central do arquipélago.

As ilhas Dinagat, Siargao, Visayas e Negros são algumas das áreas que serão mais atingidas pelo tufão.

O Natal é uma das épocas mais viagens internas nas Filipinas, um arquipélago de mais de 7 mil ilhas com uma população majoritariamente católica.

Em 2019, mais de 50 pessoas morreram devido a tufões e tempestades tropicais, embora a temporada de chuvas deste ano tenha sido menos intensa do que nos anteriores.

As Filipinas recebem entre 15 e 20 tufões por ano durante a estação chuvosa, que começa por volta de maio e geralmente termina entre novembro e dezembro. / EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.