Tufão "Cimaron" nas Filipinas mata 19

As autoridades filipinas elevaram nesta quarta-feira para 19 o número de vítimas mortais causadas pelo tufão "Cimaron" (búfalo selvagem) na sua passagem pelas Filipinas, no domingo e na segunda-feira, e 15 pessoas continuam desaparecidas. O Conselho Coordenador de Desastres Naturais (NDCC, sigla em inglês) das Filipinas, encarregado de reunir os dados oficiais sobre a tragédia, informou em seu último boletim que há também 58 feridos e 282.963 pessoas desabrigadas em 10 províncias. Foram destruídas 2.288 casas, e outras 2.894 sofreram danos parciais. O prejuízo para a agricultura e as infra-estruturas chega a 443 milhões de pesos (US$ 8,9 milhões). Na segunda-feira à noite, o ciclone, mais debilitado, abandonou as Filipinas e entrou no Mar do Sul da China, a caminho do Vietnã, com ventos sustentados de 120 km/h.

Agencia Estado,

01 Novembro 2006 | 07h50

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.