Nicky Loh/Reuters
Nicky Loh/Reuters

Tufão 'Fanapi' deixa 3 mortos e 45 feridos em Taiwan

Cerca de 310 mil famílias estão sem energia elétrica e os serviços de transporte aéreo e ferroviário tiveram de ser paralisados

Efe

19 de setembro de 2010 | 04h17

TAIPÉ - O "Fanapi" causou três mortes e 45 feridos em sua passagem por Taiwan, enquanto avança em direção ao litoral chinês, onde as autoridades se preparam para a chegada do tufão mais destrutivo da temporada de monções.

 

Segundo o Centro Meteorológico Central (CMC) da ilha, o tufão tem ventos de 198 km/h.

 

Informações da imprensa indicam que por causa do tufão 310 mil famílias estão sem energia elétrica e os serviços de transporte aéreo e ferroviário tiveram de ser paralisados.

 

As chuvas, os ventos e as inundações continuam no sul do Taiwan, mesmo após a saída da ilha do olho do furacão "Fanapi", que avança em direção à China.

 

As inundações no sul da ilha se multiplicaram nas últimas horas e as fortes chuvas e ventos ameaçam agravá-las e provocar deslizamentos nas áreas montanhosas.

 

O Governo taiuanês mobilizou milhares de pessoas para evacuarem os residentes em áreas de risco e adotaram todas as precauções para que não se repita a tragédia de agosto de 2009 do tufão "Morakot".

 

"Morakot" causou mais de 700 mortos e desaparecidos. O Governo recebeu críticas pela suposta má condução dos trabalhos de resgate e salvamento.

 

O "Fanapi", que em um dos dialetos da Micronésia significa "pequenas ilhas do atol", mantém em alerta às províncias chinesas de Fujian, Cantão (Guangdong) e Zhejiang, onde deve chegar nesta segunda-feira, 20, segundo o Observatório Meteorológico da China.

 

As autoridades litorâneas chinesas determinaram o retorno de todas as embarcações para o porto e evacuaram 156 mil pessoas.

 

O tufão carrega ventos de 117 km/h e está previsto que traga chuvas de 200 mililitros por hora em Fujian, segundo os observatórios chineses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.