Tufão faz 41 mil filipinos abandonarem suas casas

O tufão Bopha atingiu as províncias do sul das Filipinas com força nesta terça-feira, deixando famílias sem eletricidade, suspendendo voos e inundando áreas vulneráveis a deslizamentos. Mais de 41 mil pessoas já deixaram suas casas em zonas de risco, como vilarejos costeiros ou locais próximos a rios, incluindo as regiões que foram devastadas por uma tempestade no ano passado.

AE, Agência Estado

04 de dezembro de 2012 | 10h00

O chefe de defesa civil do país, Benito Ramos, disse que autoridades estavam fazendo buscas por vítimas e danos causados por um deslizamento de terra na região montanhosa da província do Vale da Compostela. Também estão sendo realizadas operações para verificar baixas nas províncias de Leyte e Davao Oriental.

A eletricidade foi cortada em diversos municípios em Surigao del Sur, Surigao del Norte e Davao Oriental, enquanto áreas da província de Agusan del Sur estão inundadas.

Pelo menos, 80 voos domésticos já foram cancelados desde ontem. O Bopha, que pode atingir uma área de 600 quilômetros, deve sair das Filipinas na sexta-feira. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
FilipinasTufão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.