Tufão Jelawat deixa 1 morto em Okinawa

O tufão Jelawat chegou na noite deste domingo à ilha de Honshu, a principal do Japão, depois de ter deixado um morto e cerca de 140 feridos na ilha de Okinawa, no sul do país. Com ventos de até 180 km/h, o tufão atingiu a região administrativa de Aichi por volta das 19h locais (7h em Brasília); ele deve chegar às cercanias de Tóquio nas próximas 24 horas, disse a Agência Meteorológica do japão.

AE, Agência Estado

30 de setembro de 2012 | 11h53

De acordo com a emissora pública NHK, um homem de 29 anos de idade morreu neste sábado ao ser varrido pelas ondas do mar em Okinawa; o número de feridos deixados pelo tufão no sábado chegou a 140 em oito regiões administrativas diferentes.

A Agência Meteorológica do Japão prevê que Jelawat provoque chuvas torrenciais na região de Tóquio nas próximas 24 horas; a precipitação pluviométrica poderá chegar a 10 mil milímetros, ou 10 metros. Segundo a agência de notícias Kyodo, mais de 500 voos foram cancelados neste domingo, principalmente na região Oeste do Japão, e alguns serviços do trem-bala Shinkansem foram suspensos. Na região administrativa de Mie, as autoridades ordenaram a remoção de mais de 2 mil moradores; outras dezenas de milhares de pessoas foram aconselhadas a buscar abrigos. As informações são da agência Associated Press)

Tudo o que sabemos sobre:
tufãoJapão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.