Tufão Kaemi já fez pelo menos 35 mortos na China

A passagem do tufão Kaemi pelo sudeste da China deixou até este sábado 35 mortos e 72 desaparecidos, segundo informaram fontes do departamento local de controle de inundações, citadas pela agência oficial de notícias Xinhua. Entre os mortos se encontram seis soldados que foram soterrados num quartel na província de Jiangxi, em um deslizamento de terra provocado pelas fortes chuvas. Os corpos de outros 38soldados do mesmo quartel não foram localizados. Em Jiangxi, província mais afetada, situada no leste do país, o número de civis mortos chegou a 20 e há 22 desaparecidos. O Kaemi matou mais quatro pessoas na província de Anhui, tambémno leste, outras cinco em Cantão, no sul. Mais de 6 milhões de pessoas em Fujian, Jiangxi, Anhui, Hunan e Cantão foram afetadas pelas contínuas chuvas. O Kaemi chegou à China quando o país ainda se recuperava dos efeitos do tufão Bilis, que deixou 612 mortos e 26 milhões dedesabrigados.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.