Tufão Krosa deixa dois mortos e dezenas de feridos em Taiwan

Centenas de milhares de casas ficam sem luz e o tráfego aéreo e ferroviário são interrompidos

Efe,

06 de outubro de 2007 | 08h22

O tufão Krosa, com ventos de entre 184 e 227 km/h, chegou neste sábado, 6, à ilha de Taiwan, com fortes ventos e chuva intensa, deixando centenas de milhares de casas sem luz, dois mortos e vários feridos. Além disso, os fortes ventos interromperam o tráfego aéreo e ferroviário e obrigaram que centenas de pessoas deixassem suas casas.   O centro do tufão passa por Taiwan perto da cidade de Ilan, ao nordeste da ilha, e se seguir a trajetória prevista sairá por Dansui, a 20 quilômetros de Taipé, antes de seguir sua trajetória em direção à costa oriental chinesa, que já está em alerta.   O norte e o centro de Taiwan estão sendo castigados por fortes ventos e chuvas, que derrubaram árvores e impedem a normal circulação dos veículos, especialmente dos milhões de motocicletas que existem na ilha.   Na capital Taipé, no distrito de Yangmingshan, várias casas foram derrubadas e duas pessoas ficaram presas entre os escombros.   Segundo a televisão TVBS, uma mulher grávida perdeu seu filho porque a estrada que une o leste e o oeste de Taiwan foi interditada e ela não pôde chegar ao hospital para dar à luz.   Evacuação   Centenas de automóveis estão sob as águas, após as inundações nas regiões baixas das cidades do norte e junto aos rios que as atravessam.   Em Hualien, no noroeste do país, a temperatura do vento aumentou repentinamente dos 23,1ºC para os 36,2ºC, um fenômeno inusitado nesta cidade, castigada todos os anos por numerosos tufões. As autoridades evacuaram centenas de pessoas, cerca de 138 mil, residentes em lugares onde costumam acontecer inundações e deslizamentos.   O Exército da ilha está em alerta para cooperar em trabalhos de salvamento, em caso de necessidade, e em todas as cidades se organizaram centros de resposta a emergências. A maioria das atividades trabalhistas e de lazer, incluindo os espetáculos, foram suspensos.     Efeitos   Na China, as províncias litorâneas de Zhejiang e Fujian, onde se espera a chegada do tufão neste domingo à noite ou na segunda-feira pela manhã, cancelaram as várias viagens turísticas por ocasião da semana onde se comemora o Dia Nacional (1.º de outubro).   Todos os turistas que estavam nas ilhas em frente a ambas as províncias, como as de Gulagyu e as de Meizhou, foram evacuados, segundo informou hoje a agência estatal Xinhua.   Em Fujian, cerca de 27 mil barcos pesqueiros foram chamados de volta ao porto com a chegada do Krosa. Mais ao norte e também no litoral, a cidade de Xangai, onde se estão realizando as Olimpíadas Especiais, está em alerta perante a possibilidade que cheguem até ali os efeitos do tufão e causem problemas durante os eventos esportivos.  

Tudo o que sabemos sobre:
Tufão Krosa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.