Tufão ruma para Tóquio e provoca chuvas em Fukushima

O tufão Songda rumava neste domingo para o nordeste da costa do Pacífico, ao sul do Japão, provocando pesadas chuvas e mantendo curso para atingir Tóquio, segundo meteorologistas.

NALU FERNANDES, Agência Estado

29 de maio de 2011 | 11h22

A expectativa é de que a classificação do tufão caia para uma depressão ao final do dia, mas ainda assim pode provocar chuva torrencial na costa - mesma região que foi devastada por um terremoto e tsunami em 11 de março.

Um total de 57 pessoas sofreram com ferimentos relacionados à tempestade no sul das ilhas de Okinawa, de acordo com a polícia. Destas, cinco estavam severamente feridas. O oficial Takeo Tanaka disse que a tempestade, perdendo força, poderia alcançar Tóquio amanhã. O tufão provocava ventos de até 160 km/h.

Não estava claro se iria atingir diretamente a usina de Fukushima, que já estava sendo atingida por pesadas chuvas, provocando temor que o excesso de água pudesse levar material radioativo em direção ao Oceano Pacífico. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
JapãotufãoFukushima

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.