Yonhap/AP
Yonhap/AP

Tufão Sanba atinge Coreia do Sul; 1 morte foi reportada

Nos udoeste do país, um deslizamento de terra matou uma mulher e deixou 70 pessoas desabrigadas

AP,

17 de setembro de 2012 | 08h34

SEUL - Um forte tufão atingiu a Coreia do Sul, nesta segunda-feira, 17, trazendo ventos fortes e chuvas pesadas, matou pelo menos uma pessoa e deixou dezenas de desabrigados.

Segundo a Agência Estatal de Gestão de Emergência da Coreia do Sul, Sanba trouxe enormes ondas ao litoral do país, causou o blecaute de aproximadamente 30.800 casas e lojas e o cancelamento de cerca de 330 voos e 170 balsas.

 

No sudeste da Coreia do Sul, um deslizamento de terra matou uma mulher de 50 anos e feriu outra.

E deixou 70 pessoas desabrigadas.

 

O Tufão Sanba , que estava se encaminhava para o nordeste, deve se direcionar para o leste

também nesta segunda-feira.

 

Não há previsão de um impacto direto na Coreia do Norte, mas áreas oeste do país podem ver chuvas fortes e ventos intensos.

 

A Coreia do Norte foi atingida, no final de agosto, por um devastador tufão. O Bolaven matou 59 pessoas, deixou 50 desaparecidos, inundou 51.600 hectares de terras produtivas e deixou um saldo de 26.320 desabrigados, na Coreia do Norte.

 

Antes de atingir a Coreia do Sul, a nova tempestade passou pelo sudoeste do Japão. Cerca de 67.000 residências ficaram sem energia elétrica, algumas regiões foram inundadas. A guarda - costeira do Japão reportou uma morte, um homem, que nadava próximo à ilha japonesa de Isgigaki, afogou-se com as enormes ondas altas.

 
Tudo o que sabemos sobre:
TufãoCoreia do Sul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.