EFE/ Nel Maribojoc
EFE/ Nel Maribojoc

Tufão Yutu chega ao norte das Filipinas com ventos de 140 km/h

Em Isabela, por onde o tufão entrou nas Filipinas, foram evacuadas mais de 11 mil pessoas

O Estado de S.Paulo

30 de outubro de 2018 | 05h05

Manila, Filipinas - O tufão Yutu tocou, nesta terça-feira, 30, o solo da província de Isabela, nas Filipinas, com intensas chuvas e ventos sustentados de 140 km/h, com sequências de até 230 km/h, informou a agência de serviços meteorológicos do país, Pagasa.

A tempestade se desloca para o oeste a 25 km/h, por isso sua passagem afetará todas as províncias do norte e centro da ilha de Luzon, a mesma área que foi castigada em setembro pelo tufão Mangkhut. Dez províncias estão no nível de alerta número 3 (de um total de 5) e 12 no nível 2, diante da passagem do tufão, que deverá sair do território filipino ainda nesta terça-feira, mas permanecerá na sua área de responsabilidade até a manhã de quinta-feira, 1.

Em Isabela, por onde entrou Yutu nas Filipinas, foram evacuadas mais de 11 mil pessoas, para quem foram distribuídos cerca de 6,9 mil kits de sobrevivência, informou o governador da província, Faustino Dy.

"As chuvas são muito fortes. Já caíram árvores e postes de eletricidade. Eu temo que os danos sejam graves", afirmou Dy.

Além disso, pelo menos 1,9 mil pessoas estão presas em diferentes portos do norte da Filipinas, onde o serviço de transporte marítimo foi suspenso por conta da passagem de Yutu. Dezenas de voos também foram cancelados, a maioria domésticos e alguns que conectavam as Filipinas com cidades do sul da China, para onde se move o tufão.

Yutu se desloca agora para as províncias de Ifugao, onde se localizam os famosos terraços de arroz, e Benguet, onde a passagem de Mangkhut provocou vários deslizamentos de terra, deixando dezenas de mortos em toda a região. /EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.