Tuiteiro diz ter atirado sapato no 'pai da censura' chinesa na internet

Polícia confirma que procura suspeito após incidente em universidade na região central do país.

BBC Brasil, BBC

19 de maio de 2011 | 13h27

Um usuário do Twitter afirma que atacou com ovos e sapatos nesta quinta-feira o autor do poderoso sistema de controle da internet da China.

A polícia chinesa confirmou que procura um homem que usa a identidade de Hanunyi no Twitter pelo ataque contra Fang Binxing, que fazia uma palestra na universidade de Wuhan, na região central do país, quando o incidente aconteceu.

Hanunyi asumiu a autoria do ataque e descreveu o episódio em seu perfil no Twitter, incluindo a foto de uma mão esmagando um ovo.

"O ovo errou o alvo", escreveu o tuiteiro. "O primeiro sapato acertou o alvo, o segundo foi bloqueado por um homem e uma mulher."

Muralha

Correspondentes dizem que a figura de Fang é odiada por muitos chineses por sua contribuição para a criação de um sofisticado sistema de censura na internet, apelidado de Grande Firewall - um jogo de palavras com a Grande Muralha, um dos principais cartões postais da China.

O sistema impede o acesso a milhares de sites, como os do Dalai Lama e da organização espiritual Falun Gong, proibida no país.

São filtradas também buscas por palavras como Tibete e Liu Xiabo, o dissidente vencedor do prêmio Nobel da Paz.

Alguns usuários do Twitter dizem que o nome Hanunyi já foi bloqueado pelo sistema.BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.