François Nascimbeni/AFP
François Nascimbeni/AFP

Túmulo de Charles de Gaulle é vandalizado na França

De Gaulle morreu em novembro de 1970 e foi sepultado em Colombey les Deux Églises, onde tinha uma propriedade

O Estado de S.Paulo

29 Maio 2017 | 15h52

ROMA - O túmulo do ex-presidente da França Charles de Gaulle (1890-1970), situado em Colombey les Deux Églises, no nordeste do país, foi vandalizado no último sábado, 27, quando se celebrava o Dia Nacional da Resistência.  

Um homem entrou no cemitério, subiu na sepultura e deu dois chutes na base de uma cruz de mármore branco de um metro e meio de altura, fazendo-a cair. A depredação foi filmada pelas câmeras de segurança do local, que monitoram o túmulo do general 24 horas por dia.       

De Gaulle morreu em novembro de 1970 e foi sepultado em Colombey les Deux Églises, onde tinha uma propriedade. No mesmo jazigo estão sua mulher, Yvonne, e sua filha, Anne. / Ansa 

Mais conteúdo sobre:
França Charles de Gaulle

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.