Tumulto em estádio mata ao menos 42 e fere 50 no Iemên

Pelo menos 42 pessoas morreram e outras 50ficaram feridas em uma fuga precipitada ocorrida nesta terça-feira em um estádiono sul do Iêmen, onde o presidente iemenita, Ali Abdullah Saleh,pronunciava um discurso como parte de sua campanha pela reeleição,informou a agência de notícias Saba. O diretor da agência iemenita, Abdelkarim Shugaa, assinalou apossibilidade de o número de vítimas mortais aumentar devido aograve estado de vários dos feridos. A maior parte das vítimas é composta por crianças e adolescentes que assistiam aos comícios pré-eleitorais. O tumulto ocorreu quando Saleh, candidato do Partido do CongressoPopular (CP) à presidência nas próximas eleições, pronunciava umdiscurso perante dezenas de milhares de pessoas no estádio daprovíncia de Ibb, cerca de 170 quilômetros ao sul de Sanaa. Pelo menos 100 mil pessoas estavam no estádio quando aconteceu afuga precipitada, segundo televisões árabes.De acordo com fontes nas forças locais de segurança, a tragédia foi provocada por superlotação e pela ausência de sinais claros de saída do estádio.Aparentemente, uma multidão que tentava sair do local começou a correr na direção de pessoas que entravam. Não se sabe o que provocou o início do corre-corre. A visita de Saleh a Ibb faz parte de suas viagens por váriasprovíncias do país em meio à campanha eleitoral para o pleito dopróximo dia 20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.