Tumulto em jogo de futebol deixa 22 mortos na Costa do Marfim

Pelo menos 132 ficaram feridos em estádio durante eliminatória para Copa do Mundo

BBC Brasil, BBC

29 de março de 2009 | 19h27

  Pelo menos 22 pessoas morreram e mais de 132 ficaram feridas neste domingo em um tumulto durante uma partida de futebol eliminatória para a Copa do Mundo na Costa do Marfim, informou o Ministério dos Esportes do país.

Segundo o ministério e a Federação de Futebol da Costa do Marfim, o tumulto começou quando milhares de torcedores tentavam entrar no estádio Houphouet-Boigny, em Abidjan, antes do começo da partida. Parte de uma parede desabou, provocando pânico entre a multidão.

Cerca de 50 mil pessoas lotavam o estádio, que foi recentemente reformado. Apesar do incidente, a partida foi realizada, e a seleção da Costa do Marfim goleou a do Malauí por 5 a 0.

Segundo o correspondente da BBC na Costa do Marfim, John James, a polícia tentou controlar a multidão, mas não conseguiu.

De acordo com James, o estádio estava lotado também por causa da participação do atacante Didier Drogba, estrela do time britânico Chelsea, que marcou dois gols na partida.

O correspondente da BBC afirma que centenas de torcedores morreram em tumultos em estádios de futebol africanos nos últimos anos. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
costa marfimfutebolcopa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.