Tumulto em templo mata 68 pessoas na Índia

Um tumulto entre peregrinos deixou hoje pelo menos 68 pessoas mortas, incluindo 30 crianças, em um templo localizado no alto de uma montanha no norte da Índia, informou a polícia local. As vítimas estavam comemorando um feriado religioso de nove dias no templo de Naina Devi no distrito de Bilaspur, no Estado de Himachal Pradesh, afirmou o subcomandante da polícia de Bilaspur, C.P. Verma."De acordo com nossas informações, 30 crianças e 38 mulheres foram mortas", disse Verma, acrescentando que mais de 40 pessoas ficaram feridas no episódio. De acordo com ele, o tumulto foi causado quando muitos peregrinos tentaram entrar em uma área pequena do templo. Verma disse ainda que os membros da equipe de resgate usaram um teleférico do templo para ajudar a evacuar os feridos do topo da montanha.Entretanto, o chefe de polícia do Estado de Himachal Pradesh, S.R. Mardi, atribuiu o episódio à queda dos trilhos da estrada que levava ao topo da montanha. O distrito de Bilaspur fica cerca de 250 quilômetros a nordeste de Nova Délhi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.